Pesquisar neste blogue

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Dúvidas se serão verdade ? Leiam

Olá, já há alguns dias que ando a pensar sobre alguns dos mitos de que sempre oiço falar e hoje lembrei me de vos falar de alguns deles, dos quais alguns de nós ainda têm dúvidas se serão verdade. Pesquisei alguns e... leiam :

  Engolir pastilha elástica demora 7 anos a ser digerida pelo nosso corpo
MENTIRA : Pastilha elástica engolida não demora 7 anos para ser digerida. Na verdade, não digerimos nunca. Ela passa inofensivamente através do corpo.

Resultado de imagem para pastilhas elásticas

  A Grande Muralha da China pode ser vista a partir do espaço.
MENTIRA : Muita gente acredita nesse mito, mas fotos via satélite confirmaram que é impossível diferenciar a muralha.
                              Resultado de imagem para Grande Muralha da China pode ser vista a partir do espaço.

  Estalar demasiado os nós dos dedos pode provocar artrite.
MENTIRA : Estalar os dedos não desgasta os músculos e não causa artrite

                  Resultado de imagem para artrite

  Os relâmpagos nunca caem duas vezes no mesmo sítio.
MENTIRA : Um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar. Por exemplo, o Empire State Building é atingido até 100 vezes por ano.



  As unhas e o cabelo continuam a crescer algum tempo depois do corpo morrer.
MENTIRA : Unhas e cabelo não continuam a crescer depois que morremos. Na verdade a pele, por perder líquidos, encolhe, dando a impressão de que continuam a crescer.

                                    Resultado de imagem para As unhas e o cabelo continuam a crescer algum tempo depois do corpo morrer.

6º  Vacina pode causar gripe
MENTIRA :  Muitas pessoas acreditam, ou já acreditaram, que tomar vacina causa gripe. Na verdade, a vacina estimula a produção de anticorpos no organismo injectando vírus mortos no corpo para alertar o sistema imunológico. A vacina pode até causar mal-estar, mas não causa a doença.

Resultado de imagem para Vacina pode causar gripe

  Abrir o guarda-chuva dentro de casa dá azar
MENTIRA : Não tenham medo de abrir o guarda-chuva dentro da vossa casa para secar depois de um dia de tormenta. A acção não tem nada a ver com possíveis marés de má sorte, e a crença possivelmente surgiu na Inglaterra do século XVIII, quando os guarda-chuvas com estrutura rígida de metal começaram a se tornar bastante comuns — assim como os acidentes ocasionados pela abertura desses objectos nas residências. Abrir um guarda-chuva de repente podia ferir crianças e adultos distraídos, assustar animais e derrubar objectos — e, dependendo da situação, esses pequenos “desastres” domésticos podiam resultar em discussões e brigas acaloradas. Assim, para estimular as pessoas a se tornarem mais cuidadosas, começou a circular a história de que abrir o guarda-chuva dentro de casa dava azar.

                            Resultado de imagem para Abrir o guarda-chuva dentro de casa

  É perigoso ficar na frente do espelho durante raios e trovões
MENTIRA : Muita gente acredita que os espelhos têm o poder de atrair raios, mas a verdade é que essa crença não possui qualquer fundamento científico. Uma possível explicação para a origem do mito é o facto de os espelhos reflectirem a luminosidade produzida por esses fenómenos meteorológicos — e algum sujeito pego desprevenido pode ter se assustado com o clarão e pensado que o raio partiu de dentro do espelho.

Resultado de imagem para É perigoso ficar na frente do espelho durante raios e trovões

 9º  Cortar o cabelo depois de comer faz mal
MENTIRA : O processo de digestão não guarda qualquer relação com os cabelos — ou unhas, já que também existe o mito de que fazer a manicure (ou pedicure ) após as refeições pode ser prejudicial para a saúde.


10º  Nós usamos apenas 10% dos nossos cérebros
MENTIRA :  Esse mito é muito famoso, mas não é verdadeiro. A capacidade cerebral é muito explorada e nós usamos muito bem os nosso cérebros.


Fiquei mais elucidada, e vocês? Não deixem de comentar a vossa opinião, e se conhecerem mais algum, deixem nos comentários.
Beijinho

Fonte : imagens e textos foram retirados da internet